Sertãozinho comemora o Natal de maneira ecológica

03/12/2010 - 08:48h

Os enfeites foram instalados na última terça-feira, dia 30 de novembro

Os enfeites foram instalados na última terça-feira, dia 30 de novembro

Há cinco anos, Sertãozinho acompanha a onda ecológica e produz enfeites de natal a partir de materiais reciclados. Este ano, o “Natal Ecológico” de Sertãozinho foi estabelecido oficialmente por meio de um projeto lei de autoria da vereadora Rita Toniello Felício, mas a maior novidade é que os motivos natalinos têm uma importância maior do que apenas enfeitar a cidade: através de oficinas, pessoas aprenderam uma forma de gerar renda.
O projeto enfeita alguns pontos da cidade com bonecos, anjos e velas feitos com garrafas pet. A iniciativa é da Prefeitura com o apoio das secretarias municipais de Educação e Cultura, Desenvolvimento Social e Cidadania, Indústria e Comércio e Obras, e também da Câmara Municipal. Foram oferecidas oficinas gratuitas para capacitar e ensinar alunos a confeccionarem, além de enfeites natalinos, sacolas, luminárias, pastas, potes, pufes, porta-trecos e caixas para presente.
Segundo Anna Paula Favaretto, diretora do Departamento de Educação Ambiental, o Natal Ecológico, além de ter um enfoque em preservação ambiental, é, também, um incentivo para os artesãos gerarem renda através de materiais reciclados. “Com a reutilização de material descartado que pode ser aproveitado, poderemos construir oficinas que vão proporcionar ocupação para os alunos e também uma possibilidade de gerar renda”, afirmou.
A primeira oficina teve o intuito de formar “multiplicadores”. Dos 27 inscritos, 12 tornaram-se monitores das oficinas seguintes que, durante o mês de novembro, produziram cerca de 100 arranjos natalinos, os quais enfeitam alguns pontos da cidade como o Teatro Municipal, a Prefeitura, a Praça 21 de Abril, secretarias de Educação e Cultura e as Rotatórias do Sino, do Mc Donalds e da Av. Afonso Trigo.
A confecção dos enfeites natalinos foi desenvolvida no barracão da FATEC (Rua Jordão Borghetti, 250). Vinte e sete mil unidades de garrafas pet foram utilizadas para a produção dos enfeites, que foram arrecadadas em pontos de coleta distribuídos pela cidade.
Com o intuito de fazer tudo o mais ecologicamente possível, os resíduos que foram gerados durante a confecção dos enfeites foram encaminhados para a Corserta (Cooperativa de Recicladores de Sertãozinho).
Professores da rede municipal de ensino, cooperados da Corserta, alunos dos CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) e funcionários do departamento de cultura somaram 18 artesãos que fizeram um trabalho intenso de produção. Para ter a cidade com um espírito de natal amigo do meio ambiente, essa equipe trabalhou das 7h da manhã às 22h.
Esses enfeites foram entregues na última segunda-feira, dia 29 de novembro, às 20h em um evento que aconteceu no barracão da FATEC e teve a presença de todos os idealizadores do projeto “Natal Ecológico”, entre eles a secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania Edna Garcia da Costa, a vereadora Rita Toniello Felício, a Diretora do Departamento de Educação Ambiental Anna Paula Favaretto, a Sr. Isolina AP. dos Santos Lima, Vice-Presidente da CORSERTA, os artesãos e convidados.
A secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania se mostrou muito feliz com o resultado. “É impressionante o quanto essas pessoas se comprometeram para realizar esse trabalho. Os enfeites estão lindos e nós estamos muito contentes por poder presentear a cidade de uma maneira ecológica, sem prejudicar o meio ambiente”, afirmou.
“A cidade está linda e os enfeites representam muito bem o espírito natalino. Esse trabalho feito em equipe presta uma bela homenagem ao natal de forma consciente: voltada para a preservação do meio ambiente. Todas as cidades deveriam presentear o planeta com atitudes conscientes como esta”, disse o prefeito Nério Costa.